11 junho 2012



   Pareces-te com alguém. Alguém que eu conheci, ou estarei só a imaginar que alguém é como tu?
Porque a tua maneira de caminhar é igual, só a atitude muda, parece que alguém se quer fazer passar por ti.  Ages de uma maneira com os teus amigos, eles conhecem o teu verdadeiro eu? O que vejo em ti é estranho para mim. Sim, e tu desapareceste, apesar de estares aqui. Por isso mantenho-me aqui, á porta da tua casa, eu sei que estás lá dentro mas as luzes estão apagadas. Pensei que tivesses vindo do céu, uma dádiva para mim, mas tudo mudou no dia em que me mandaste embora. Onde foste? Olha para ti agora. Pareces uma sombra de um anjo que eu encontrei.

2 comentários:

+ histórias